Print Friendly, PDF & Email

Estrutura dos cabelos

Constituídos por aproximadamente 95% de queratina, os nossos cabelos possuem uma estrutura complexa, em camadas sobrepostas. A sua parte visível, cujo brilho e suavidade apreciamos, está contudo biologicamente morta: é ao nível da raiz, inserida no couro cabeludo, que se processa a vida dos cabelos.

Como as unhas e os pelos, os cabelos são compostos principalmente por queratina, uma substância proteica dura e fibrosa. Uma cabeleira normal tem 120.000 a 150.000 cabelos, ou seja, aproximadamente 250 cabelos por cm2 de couro cabeludo, com um diâmetro médio de 50 a 100 micrómetros.
O cabelo é constituído por duas partes: a raiz e a haste.

Raiz ou bolbo piloso

A parte viva do cabelo, que está inserida num folículo piloso cerca de 4 mm abaixo do couro cabeludo. Tem várias zonas, todas elas essenciais à vida do cabelo :
Papila dérmica: irrigada por uma fina rede sanguínea, fornece ao cabelo todos os nutrientes necessários. Também é o “cérebro” do cabelo: dirige a produção das diferentes células capilares, que seguidamente se desenrola na matriz.

Matriz: os queratinócitos, principais células do cabelo, multiplicam-se e enchem-se de queratina no cabelo. A matriz também contém os melanócitos, onde se produzem os pigmentos que dão cor ao cabelo (melanina).

Revestimento epitelial: dividido em duas camadas (revestimentos epiteliais interno e externo), serve para manter e guiar a haste capilar em formação, ainda mole nesta fase.

Glândula sebácea: situada por debaixo da pele, próxima do couro cabeludo, ao lado do folículo piloso, segrega sebo. Esta substância indispensável à boa saúde dos cabelos, protege-os, nutre-os e dá-lhes suavidade e brilho.

Haste

Parte visível do cabelo, a haste está biologicamente morta: é constituída por células mortas cheias de queratina. Estrutura-se em três camadas concêntricas :
A medula, substância mole situada no centro da haste, constituída por células sem núcleo, aglomeradas.

O córtex, que envolve a medula e representa 80 a 90% do peso do cabelo. É composto por dois tipos de fibras de queratina, horizontais e verticais, que conferem ao cabelo a sua suavidade e solidez. Também é no córtex que se situam os pigmentos de melanina que dão cor ao cabelo.

A cutícula, camada mais exterior dos cabelos, formada por escamas incolores de queratina, colocadas umas sobre as outras, à semelhança das telhas num telhado, e ligadas por um cimento intercelular rico em lípidos. Embora seja muito fina, a cutícula tem a função de proteger o córtex: é ela que sofre todas as agressões quotidianas (água, sujidade, sol, vento…). A textura e o brilho dos cabelos dependem diretamente do seu estado: por isso, é essencial cuidar dela.