Print Friendly, PDF & Email

Cabelos secos e quebradiços

cheveu_casse-300x200

Cabelos secos, quebradiços, difíceis de pentear, ásperos ao toque… Todos estes sinais revelam uma alteração da película hidrolipídica protetora do cabelo que se pode dever a um desequilíbrio interno ou a agressões repetidas. Descubra os nossos conselhos para recuperar cabelos suaves, macios e bem hidratados.

 

 

 

Compreender os cabelos secos

Normalmente, os cabelos, tal como a pele, estão cobertos por uma película hidrolipídica, composta por sebo e suor, originários das glândulas sudoríparas e sebáceas. Hidratante, nutritiva e protetora, esta película constitui uma barreira natural que isola o cabelo das agressões exteriores. É indispensável para o seu brilho e suavidade.

Mas pode ser alterada por diversas razões :

Fatores internos: a atividade das glândulas sebáceas pode abrandar, devido a carências alimentares, distúrbios circulatórios no couro cabeludo, alterações hormonais (principalmente na menopausa), stress, etc.

Fatores externos: o sebo que cobre o cabelo pode ser decapado por tratamentos capilares agressivos (champôs decapantes, colorações, permanentes, alisadores, escovagem violenta, secagem demasiado quente, etc.), pelo sol, a água do mar ou o cloro das piscinas.

A queratina que constitui a haste capilar (a parte visível do cabelo) fica desnudada e fragilizada e perde elasticidade. As escamas que compõem a parte mais externa do cabelo deixam de encaixar corretamente umas nas outras e adquirem um aspeto irregular. Os cabelos tornam-se secos, ásperos e quebradiços. Emaranham-se facilmente e são difíceis de pentear.

Tratar os cabelos secos

Adote uma alimentação equilibrada: proteínas, vitaminas, oligoelementos, minerais e ácidos gordos essenciais em quantidade suficiente são indispensáveis para nutrir o seu cabelo diariamente. Consuma amêndoas, nozes e avelãs, cereais integrais e peixes gordos.

Evite as colorações capilares, as permanentes, os ferros de frisar e os alisadores, pois fragilizam os cabelos.

• Uma a duas vezes por semana, aplique um óleo capilar antes do champô para nutrir o seu cabelo em profundidade. Deixe atuar durante pelo menos 20 minutos.

• Lave o cabelo com um champô suave e nutritivo, especificamente formulado para os cabelos secos, e aplique eventualmente um tratamento. Evite as lavagens demasiado frequentes (mesmo muito suaves) que decapam inevitavelmente os cabelos.

Enxague completamente o cabelo com água morna ou fria: evite a água quente pois tem um efeito secante. Enxugue-o suavemente, sem esfregar, com uma toalha turca.

Deixe o cabelo secar naturalmente sempre que possível. Quando utilizar um secador, mantenha-o a uma boa distância do cabelo e prefira o ar morno.

Desemaranhe os cabelos delicadamente, sem puxar os nós, com uma escova de fibras naturais.

Massaje regularmente o couro cabeludo para ativar a circulação sanguínea: assim melhora o fornecimento dos nutrientes essenciais à raiz dos cabelos.

• Se as pontas do cabelo estiverem espigadas, corte-as alguns centímetros.

• Nas férias, lave o cabelo com água doce após cada banho de mar.

• Faça várias vezes por ano tratamentos com suplementos alimentares nutritivos para o cabelo.