Print Friendly, PDF & Email

Cabelos baços

Os cabelos de plena saúde são naturalmente brilhantes, porque a sua estrutura lisa reflete a luz. Mas quando estão estragados, as escamas que compõem a sua camada superficial afastam-se uma das outras: o seu relevo torna-se irregular e o brilho desaparece. Porém, existem truques simples que permitem recuperar rapidamente os cabelos brilhantes na maior parte dos casos: descubra-os connosco.

Compreender os cabelos baços

O brilho dos cabelos depende do estado da cutícula, a camada mais externa da haste capilar. Esta é formada por escamas incolores de queratina colocadas umas sobre as outras como as telhas de um telhado e ligadas por um cimento intercelular rico em lípidos. Quando os cabelos estão de plena saúde, as escamas encontram-se bem fechadas e a cutícula está lisa, refletindo perfeitamente a luz.
A cutícula tem a função de proteger o centro do cabelo e sofre diretamente todas as agressões quotidianas: água, sujidade, sol, vento, pentear, etc. Muito fina, pode facilmente alterar-se: sob o efeito de agressões externas repetidas, de carências alimentares e de perturbações hormonais, o cimento interlipídico empobrece e as escamas de queratina afastam-se umas das outras. O cabelo deixa de refletir a luz, absorvendo-a: perde o brilho e adquire um aspeto baço. As escamas abertas tornam igualmente o cabelo poroso: a água pode penetrar mais facilmente no córtex, a parte que está situada sob a cutícula. Por isso, o cabelo, perde a firmeza e suja-se e frisa rapidamente em caso de humidade.
Todos os tipos de cabelos podem ter ocasionalmente um aspeto baço, mas os cabelos secos, brancos e crespos desfrisados são especialmente propensos a ficar baços.

Tratar dos cabelos baços

Evite os tratamentos capilares que contenham silicone: esta substância faz brilhar os cabelos numa primeira fase, mas a longo prazo altera a cutícula e estraga o cabelo.

• Lave o cabelo com um champô suave reparador.

Tenha um cuidado especial com o enxaguamento: utilize água morna ou fria até sentir que os cabelos estão completamente livres de resíduos ao passar os dedos. Acrescente à última água de enxaguamento algumas gotas de vinagre ou de sumo de limão, pois ajudam a fechar as escamas de queratina e neutralizam o calcário que está presente na água.

Deixe o cabelo secar naturalmente sempre que possível. Quando utilizar um secador não o aproxime do cabelo e prefira o ar morno ou frio.

Desemaranhe os cabelos delicadamente, sem puxar pelos nós, com uma escova de fibras naturais.

Massaje regularmente o couro cabeludo para ativar a circulação sanguínea: assim melhora o fornecimento dos nutrientes essenciais à raiz do cabelo.

• Aplique uma vez por semana uma máscara capilar à base de queratina orgânica (ou quitina), que reestrutura o cabelo em profundidade.

Evite as colorações, as permanentes e as desfrisagens, que agridem a cutícula dos cabelos.

Não abuse do sol, pois fragiliza os cabelos.

Adote uma alimentação equilibrada e cuide especialmente do consumo de ferro, vitamina B6 e ácidos gordos essenciais.

• Faça várias vezes por ano tratamentos com suplementos alimentares fortificantes para os cabelos.